slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Casa giratória feita para dono tomar chimarrão na sombra é atração em SC

Casa giratória foi construída sobre base da residência original e muda de posição - Foto: Prefeitura de ituporanga/Divulgação


Com pouco mais de 20 mil habitantes, a cidade de Ituporanga, no Vale do Itajaí, guarda preciosidades que vão além das cachoeiras, dos rios e do turismo rural e religioso. Uma das atrações que mais chamam atenção é a "casa giratória".

Ela foi construída em 1998 pelo agricultor e descendente de alemães Jens Cellarius (lê-se "Ians" em português) por um motivo no mínimo curioso: poder sempre tomar chimarrão à sombra, independentemente da hora do dia.

A ideia veio de uma reportagem de TV e demorou aproximadamente cinco meses para sair do papel e ficar pronta. A base da casa é comum, feita de alvenaria. Já o segundo andar, que é móvel e feito de madeira, pode muder de posição através de um sistema de roldanas que correm em cima de um trilho.

Uma simples manivela

O "andar móvel" tem três quartos, sala e banheiro, e é movimentado por uma simples manivela de madeira - tudo criado por Jens, que é autodidata.

Almira Berger, de 67 anos, ex-mulher de Jens, conta que a construção foi inspirada em um projeto na Alemanha. "Ele frequentou a escola por dois anos. Não teve estudo, mas sempre teve facilidade de aprender tudo o que queria. Sempre foi dedicado", diz Almira.

"Até uma criança de 3 anos pode girar a casa", brinca Dona Almira, que garante que nos dias de hoje, quem move a casa é a alegria de seus dez netos. "Eu ia colocá-la à venda porque é grande demais pra mim, mas meus filhos não deixaram", conta.

Não demorou muito para a casa virar atração turística na cidade. "Uma vez um caminhão carregado de pessoas do Paraná chegou aqui só para ver a casa pessoalmente" conta Dona Almira, rindo da situação.

Segunda casa giratória

Depois que o casal se separou, há seis anos, Jens decidiu se mudar para bem perto, mais precisamente no mesmo terreno onde vive a ex-mulher, e construiu uma segunda casa giratória, mas com um projeto mais ousado, que funciona com um motor - atualmente em manutenção, e nem tão popular assim como o primeiro projeto.

Visitas

A casa giratória fica localizada no km 3 da SC-427. As visitas acontecem em horário comercial durante a semana e também aos finais de semana. É cobrado um valor simbólico de R$ 3, para garantir a manutenção e a limpeza da residência.

"Já recebemos visitas de todas as partes do mundo, como do Líbano e da Alemanha, por exemplo", garante Dona Almira, que diz precisar reler o livro de visitas para ter noção de quantos curiosos e turistas já passaram por lá.


Fonte: RBS/TV - Santa Catarina
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Poste um comentário:

0 comments: