slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

O golpe de 1964 e a ditadura civil-militar no Brasil

A Secretaria Nacional de Organização e a Escola Nacional de Formação estão convocando um amplo processo de debate pré-congressual a respeito dos temas da conjuntura atual, para preparar a nossa militância para as Etapas Municipais e Estaduais do 5º Congresso e para a ação política de todos os Diretórios Municipais, Estaduais e de todos os setoriais do PT.

Neste momento, em que diferentes setores da direita brasileira, por meio de métodos autoritários e golpistas, afrontam a democracia e o Estado de Direito, desqualificam a atividade política para continuar beneficiando uma elite social que favorece os interesses dos grandes rentistas, atacam frontalmente o governo da presidenta Dilma, que venceu as eleições livres com 52% dos votos, é muito importante que a discussão sobre a conjuntura nos diretórios, núcleos e mandatos do partido seja retomada e ampliada com o vigor necessário. Nosso objetivo é fortalecer a capacidade de leitura, interpretação, elaboração de nossos/as militantes, filiados e filiadas, contribuindo para uma forte ofensiva política voltada ao diálogo com a sociedade e à ação política do PT em cada lugar.

Para isso, a Escola Nacional de Formação do PT está produzindo o “Em Pauta Conjuntura”, que apresenta roteiros para leitura de artigos divulgados no portal do PT Nacional, no Portal da Fundação Perseu Abramo, no site da liderança da bancada do PT na Câmara Federal, no site do PT no Senado, no portal do Instituto Lula e em portais e blogs de esquerda e progressistas, sempre que os artigos contribuírem para a compreensão de temas importantes para o País em coerência com a política do PT. O boletim será diário e distribuído pela Secretaria Nacional de Organização e Secretaria Nacional de Movimentos Populares.

Com estas ações, podemos criar um ambiente ideal para ampliarmos a nossa mobilização em cada cidade do Brasil. Esta é uma vantagem que nenhum outro partido possui. Precisamos trazer os nossos mais de 1,7 milhão de filiados e filiadas para a disputa política.

Clique aqui e confira as orientações e o roteiro para a realização dos debates!
….....................................................................................................

Propaganda de golpe militar é crime

Nestes tempos em que algumas pessoas se manifestam pedindo uma intervenção militar no Brasil, recomendamos a leitura da notícia “Lei prevê até 4 anos de cadeia para quem faz propaganda de golpe militar”. Na notícia, o advogado René Ariel Dotti, um dos maiores especialistas do País em Direito Penal, esclarece que há três dispositivos legais que abrangem esse tema: a Constituição Federal, a Lei de Segurança Nacional e o Código Penal. Segundo Dotti, os dispositivos são autoexplicativos e há pena para quem incita golpe militar.

Livros sobre o golpe de 1964 e a ditadura civil-militar brasileira

Neste momento, é muito oportuno que se resgate e conheça a história da ditadura civil-militar brasileira, pois não podemos permitir um retrocesso no País, mas sim trabalhar no sentido de avançarmos o processo democrático. Por esse motivo, a Escola Nacional de Formação do PT recomenda os seguintes livros que retratam este período:

1) Ilusões Armadas, de Elio Gaspari
2) 1964: A Conquista do Estado, de René Armand Dreifuss
3) Os Senhores das Gerais: Os novos inconfidentes e o golpe de 1964, de Heloisa Starling
4) Além do Golpe: Versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar, de Carlos Fico
5) O Grande Irmão: Da Operação Brother Sam aos Anos de Chumbo – O governo dos Estados Unidos e a ditadura militar brasileira, de Carlos Fico
6) João Goulart - Uma Biografia, de Jorge Ferreira
7) Visões do Golpe: A memória militar sobre 1964, de Maria Celina D’Araújo, Celso Castro e Gláucio Ary Dillon Soares
8) Cães de guarda: Jornalistas e censores, do AI-5 à Constituição de 1988, de Beatriz Kushnir
9) Os militares na política: As mudanças de padrões na vida brasileira, de Alfred Stepan
10) Brasil: Nunca Mais, organizado por Paulo Evaristo Arns e Jaime Wright
11) Os Anos do Condor: Uma década de terrorismo internacional no Cone Sul, de John Dinges
12) Combate nas Trevas, de Jacob Gorender
13) Como eles agiam: Os subterrâneos da ditadura militar: Espionagem e polícia política, de Carlos Fico
14) Os advogados e a ditadura de 1964, de Fernando Sá, Oswaldo Munteal e Paulo Martins
15) O golpe na educação, de Luiz Antônio Cunha e Moacyr de Góes
16) A universidade reformanda, de Luiz Antônio Cunha
17) A UNE em tempos de autoritarismo, de Maria de Lourdes Fávero
18) Da universidade “modernizada” à universidade disciplinada: Atcon e Meira Mattos, de Maria de Lourdes Fávero
19) Universidade brasileira: Reforma ou revolução?, de Florestan Fernandes
20) O poder jovem: história da participação política dos estudantes brasileiros, de Arthur José Poerner
21) A universidade interrompida: Brasília – 1964-1965, de Roberto Salmeron
22) Movimento estudantil: A Une na resistência ao golpe de 1964, de José Luís Sanfelice
23) Cale-se, de Caio Túlio Costa
24) Ditadura militar, esquerdas e sociedade no Brasil, de Daniel Aarão Reis Filho
25) Imagens da revolução: documentos políticos das organizações de esquerda dos anos 1961-1971, de Daniel Aarão Reis Filho e Jair Ferreira Sá
26) Diretas Já: o grito preso na garganta, de Alberto Tosi Rodrigues
27) Dossiê Ditadura - Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil 1964-1985, da Imprensa Oficial de São Paulo
28) 1968 : O Diálogo É a Violência - Movimento Estudantil e Ditadura Militar no Brasil, de Maria Ribeiro do Vale
29) Brasil - 1964 / 1968 - A Ditadura Já Era Ditadura, de Marcos Silva
30) A Ditadura Militar no Brasil - Repressão e Pretensão de Legitimidade 1964-1984, de Maria José de Rezende
31) A Resistência da Mulher À Ditadura Militar no Brasil, de Ana Maria Colling
32) Desarquivando a Ditadura - Memória e Justiça no Brasil - 2 Volumes, de Cecilia MacDowell Santos, Edson Teles e Janaína de Almeida Teles
33) História Indiscreta da Ditadura e da Abertura - Brasil: 1964 – 1985, de Ronaldo Costa Couto
34) OAB X Ditadura Militar - A História de um Período Difícil para as Instituições Democráticas no Brasil, de Cid Vieira de Souza Filho
35) Carlos Marighella: o inimigo número um da ditadura militar, de José Emiliano
A Caixa-preta do Golpe de 64
36) O Golpe de 64 e a Ditadura Militar, de Júlio José Chiavenato
37) O Governo Goulart e o Golpe 64, de Caio Navarro de Toledo
38) Propaganda e Cinema a Serviço do Golpe 1962/64, de Denise Assis
39) Memória Política , Repressão e Ditadura no Brasil, de Soraia Ansara
40) O fim da Ditadura Militar, de Bernardo Kucinski
41) ESG: um estudo de currículos e programas, de Vanda Maria C. Aderaldo (Tese de mestrado)
42) O nacionalismo da Escola Superior de Guerra, de Guita G. Debert (texto apresentado na ANPOCS)
43) A política do significado no início dos anos 60: o nacionalismo no Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB) e na Escola Superior de Guerra (ESG) (Tese de Doutorado – FFLCH-USP)
44) Os militares como categoria social, de Heloísa Fernandes
45) O pensamento geopolítico brasileiro (1920-1980), de Shiguenoli Miyamoto (Dissertação de mestrado – FFLCH-USP)
46) Geopolítica e autoritarismo: o caso brasileiro, de Shiguenoli Miyamoto
47) A esquerda militar no Brasil, de João Quartim de Moraes
48) A tutela militar, de João Quartim de Moraes et. al.
49) O exército e positivismo: identidade e autonomia política, de Eliézer Rizzo de Oliveira (artigo acadêmico)
50) As forças armadas no Brasil, de Eliézer Rizzo de Oliveira et. al.
51) Militares: pensamento e ação política, de Eliézer Rizzo de Oliveira (org.)
52) A evolução dos conceitos da doutrina da Escola Superior de Guerra nos anos 70, de Maria Selma de Moraes Rocha (Dissertação de Mestrado – FFLCH-USP)

Confira também os conteúdos da Carta Maior sobre filmes da ditadura, o Golpe no Chile e os 11 de Setembro e a Operação Condor. Para acessar os conteúdos da Carta Maior, faça o seu cadastro gratuito aqui!
 
Filmes sobre a ditadura:

- A necessária busca por Iara Iavelberg
- Verdade 12.528: Para ser virada, uma página deve ser lida
- Mundaréu Plínio Marcos
- Getúlio, afinal, o que é?
- A Batalha de Argel: Um fantasma sempre presente
- A ditadura civil-militar em 10 filmes

Golpe no Chile e os 11 de Setembro:

- Três setembros de terror e um jornalismo de medo
- As comemorações do 11 de setembro chileno
- "Allende devolveu a dignidade aos trabalhadores e estudantes"
- “O legado de Allende se reflete nos que lutam pela educação”
- “Washington promoveu una Operação Condor mundial”
- Dois 11 de setembro

Operação Condor

- Exclusivo: Documentos revelam conexão entre Itamaraty e Operação Condor
- Décadas depois, Operação Condor ainda gera polêmica
- Habegger e Barbosa: Desconstruir a Operação Condor
- Cartas de Geisel a Videla mostram elos da Operação Condor
- Golpe no Paraguai revela nova face da Operação Condor, diz ativista
- Operação Condor: documentos detalham ações de ditaduras de Argentina, Uruguai e Chile
- EUA operam hoje nos moldes da Operação Condor, diz jornalista norte-americano
- Operação Condor continua na América Latina
- Tenório, Operação Condor e Rosa Maria
- Operação Condor envenenou Neruda e Jango?
- Operação Condor: as marcas da diplomacia da repressão
- Operação Condor-Diplomacia: Cumplicidade entre Brasil e Argentina
- A Operação Condor contra Cuba
- Como o Condor também voava no Rio
- Ditadura brasileira soube do golpe contra Allende um mês antes
- O Mercosul e os lugares de memória dos crimes das ditaduras
- “O Brasil ainda não abriu os arquivos da Guerra do Paraguai”

Clique aqui e confira outros conteúdos do Em Pauta Conjuntura!


Fonte: Em Pauta Conjuntura - Escola Nacional de Formação do PT
Recebido por email
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Poste um comentário:

0 comments: