slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Boaventura de Sousa Santos: Privatização e Privataria

Segue um trecho bem esclarecedor da posição do sociólogo Boaventura de Sousa Santos* a cerca do processo de privatização. O trecho foi extraído do seu texto intitulado "Privatización y piratería", disponível no site "Página/12" e traduzido** para o português.

"Privatizações não são necessariamente "privataría". São quando os interesses nacionais são prejudicados intencionalmente para permitir enriquecimento sem causa daqueles que estão em posições de autoridade ou favor político de comando, ou influência negociações e decisões em nome de interesses privados.

Privatizações não tem nada a ver com a racionalidade econômica. Elas são o resultado de opções oferecidas pelos discursos ideológicos que escondem suas verdadeiras motivações. No Brasil, o discurso foi de transformar as privatizações em uma "situação do país para a modernidade". Em Portugal, o discurso é o interesse nacional, protegido pela troika, em reduzir a dívida e melhorar a competitividade. Em ambos os países, a motivação real é a criação de novas áreas de acumulação e lucro para o capital. No caso Português, isso acontece para a destruição tanto do Estado como do setor empresarial e do Estado-Providência. Neste último caso, especialmente, é uma escolha ideológica daqueles que usam a crise para impor medidas que jamais poderia legitimar através das eleições. Para se ter uma idéia da carga ideológica por trás da privatização em Portugal, supostamente necessário para reduzir a dívida pública, basta um olhar para o orçamento para 2013: total de receitas das privatizações, de 2011 a 2013, será 3,7 bilhões de euros, ou seja, menos de 2 por cento da dívida pública ..."

*Doutor en Sociologia do Direito. Professor das universidades de Coimbra (Portugal) y Wisconsin (Estados Unidos).
**Tradução de Cristiano Bodart.

O texto integral e pode ser acessado aqui.



Fonte: blog Café com Sociologia
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Poste um comentário:

0 comments: