slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Por que odiar a Argentina? (aos discípulos de Canastrão Bueno)


por Danizio Xiru

Acho estranho quando as pessoas me veem usando uma camisa da Argentina e questionam ou agem como se eu estivesse cometendo uma ‘heresia’.

Por paradoxal que possa parecer, gosto de futebol e fui contra a realização da Copa no Brasil. Tem mais a ver com os danos causados às populações que vivem próximas aos estádios e à privatização de espaços públicos do que com os “milhões jogados fora”, frase clichê usada à exaustão por muitos.

Sim, daria para construir hospitais, escolas, etc, etc. Acontece que com o valor de impostos que é sonegado anualmente no país daria para construir tudo isso, derrubar os estádios, reconstruí-los novamente, sediar uma copa a cada 12 meses e ainda sobraria grana. Mas o pessoal que tá preocupado com os estádios caros não vê problema na sonegação, não é mesmo?! Por que será?..

Minha objeção quanto à Copa tem mais a ver com a subordinação a uma entidade antidemocrática e obscura como a Fifa do que com os argumentos da turma que joga na equipe do “quanto pior, melhor”.

Mas... voltando à Argentina. Admiro o futebol deles desde o início da década de 90, quando comecei a acompanhar esse esporte. Vejo gente com curso superior (não que isso sirva de atestado para contestar a ignorância) defendendo rivalidade, ódio e uma espécie de inimizade natural contra os argentinos.

Qual o motivo para odiá-los? É um país latino-americano como o Brasil. São nossos vizinhos. Colonizados, explorados, com a população indígena dizimada pelo braço europeu (assim como nós). Foram aniquilados por uma ditadura civil-militar que (assim como a nossa) provocou milhares de vítimas. São nossos parceiros comerciais e, ainda por cima, a região de Mendoza produz um vinho maravilhoso!

Lembro que Mercedes Sosa, Che, Quino, Atahualpa e Gieco são argentinos. Gardel não o foi por um descuido. “Y pienso em la vida, las madres que sufren, los hijos que vagan sin techo ni pan”...

Uma opinião muito pessoal: Maradona foi, sim, muito melhor do que Pelé! O brasileiro balançou as redes mais vezes, mas o argentino (La mano de Dios contra a Inglaterra) foi gênio na criação e no improviso. E fora de campo, quanto às opiniões conservadoras e servis, é como se Pelé marcasse uns dez gols contra cada vez que abre a boca para comentar um assunto.

Repito: qual o motivo para odiar a Argentina? Eliminaram o Brasil em 90? Sim, mas a Holanda fez isso em 2010 e a França em 86, 98 e 2006. O Brasil é o único país que participou de todas as copas – ao todo, 20 – e venceu ‘apenas’ cinco. Ou seja, em 15 vezes fomos derrotados. E será que odiamos todos os nossos algozes?

Então, por que odiar a Argentina?

Que responda o pensador, teórico e brilhante intelectual Galvão Bueno (ou sua interminável lista de seguidores)...

Foto: Futebolfreecs.com.br
Fonte: Facebook Danízio Xiru
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: