slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Grêmio Estudantil por Daniel Lemos

Fui gentilmente convidado pela Administração Municipal de Canguçu para participar do "3º Encontro de Formação de Jovens Lideranças" que foi realizado no CETAC- Emater, no mês de junho passado.

Fiz uma apresentação sobre "Grêmio Estudantil", que compartilho com os amigos.

Daniel Lemos
twitter: @danielslemos
http://danielslemos.blogspot.com.br/

---#---#---#---#---#---

“Grêmio Estudantil: atualidade e desafios”
 Prof. Daniel Lemos
 
2º ENCONTRO DE FORMAÇÃO DE JOVENS LIDERANÇAS
O que é o Grêmio Estudantil? 
 
O grêmio estudantil é uma entidade que representa o estudante e contribui na formação de sua cidadania;
  
Ele permite que os alunos discutam, criem e fortaleçam possibilidades de ação, no ambiente escolar e na comunidade.

Objetivos:
contribuir para aumentar a participação dos alunos nas atividades de sua escola:
organizando campeonatos;
palestras, projetos e discussões;
fazendo com que eles tenham voz ativa e participem – junto com pais, funcionários, professores, coordenadores e diretores – da programação e da construção das regra dentro da escola.
 
Para resumir:
Um Grêmio Estudantil pode fazer muitas coisas, desde organizar festas nos finais de semana até exigir melhorias na qualidade do ensino;
Ele tem o potencial de integrar mais os alunos entre si, com toda a escola e com a comunidade.
importante espaço de aprendizagem, cidadania, convivência, responsabilidade e de luta por direitos como criar um Grêmio Estudantil? 
 
Cinco passos:
1- O grupo que pretende formar o grêmio comunica à direção da escola, divulga a proposta entre os alunos, convidando os interessados e os representantes de classe (se houver) para formar a Comissão Pró-Grêmio;
2- A Comissão Pró-Grêmio convoca todos os alunos da escola para participar da Assembléia Geral. Nesta reunião, decide-se o nome do grêmio, o período de campanhas das chapas, a data das eleições e se aprova o Estatuto do Grêmio. Nessa reunião também são definidos os membros da Comissão Eleitoral;
3- Os alunos reúnem-se e formam as chapas que concorrerão à eleição. Eles devem apresentar suas ideias e propostas para o ano de gestão no Grêmio Estudantil. A Comissão Eleitoral promove debates entre as chapas, abertos a todos os alunos;
4- A Comissão Eleitoral organiza a eleição (o voto é secreto). A contagem é feita pelos representantes de classe, acompanhados de dois representantes de cada chapa e, eventualmente, dos coordenadores pedagógicos da escola. No final da apuração, a Comissão Pró-Grêmio deve fazer uma Ata de Eleição para divulgar os resultados;
5- A comissão Pró-Grêmio envia uma cópia da Ata de Eleição e do Estatuto para a direção da escola e organiza a cerimônia de posse da diretoria do Grêmio.
 
MUITO OBRIGADO!
  
Daniel de Souza Lemos, 34,
Prof. História e Filosofia (redes públicas estadual e municipal/Pelotas);
Mestrando em Ciência Política/UFPel;
Conselheiro Estadual CPERS-Sindicato.
danielslemos@yahoo.com.br
twitter: @danielslemos
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: