slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Campeão mundial, Alexander Dale Oen é encontrado morto após treino

O nadador norueguês Alexander Dale Oen, de 26 anos, foi encontrado morto na última segunda-feira, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada nesta terça. Segundo a federação de natação do país, ele faleceu subitamente e foi achado no chuveiro, logo após um treino em Flagstaff, no estado do Arizona. A causa da morte, segundo a imprensa norueguesa, teria sido uma parada cardíaca. Em 2008, Dale Oen foi medalha de prata nos Jogos de Pequim e, em 2011, sagrou-se campeão nos 100m peito no Mundial de Xangai.

A equipe norueguesa está em Flagstaff para se preparar para os Jogos Olímpicos de Londres. Dale Oen, que era uma das esperanças do país para os Jogos, foi achado por companheiros de equipe. Preocupados com a demora do nadador no banho, eles o encontraram desacordado, caído na banheira. O serviço de emergência chegou em poucos minutos e ele foi encaminhado ao hospital da cidade, mas os médicos não conseguiram reanimá-lo.

Segundo a equipe da Noruega, o atleta aparentava estar em bom estado de saúde antes de passar mal. Mais cedo, ele havia participado apenas de um leve treino na piscina e jogado uma partida de golfe.




Recentemente, outros casos de mortes súbitas abalaram o esporte. Em março, o jogador italiano de vôlei Vigor Bovolenta, de 37 anos, faleceu em quadra, durante partida do Campeonato Italiano de vôlei. Menos de um mês depois, a ex-jogadora da seleção venezuelana de vôlei Verónica Gómez sofreu uma parada respiratória, e não resistiu. No mesmo dia, o meia Piermario Morosini, do Livorno, da Itália, sentiu-se mal em campo e morreu, aos 27 anos.

No Brasil e no mundo, nadadores lamentam a notícia

A morte de Dale Oen repercutiu entre os atletas da natação. Nas redes sociais, diversos nadadores demonstraram pesar pelo falecimento do companheiro. Entre os brasileiros, Cesar Cielo se disse triste e manifestou admiração. Já Bruno Fratus classificou Alexander como "um dos maiores nadadores de todos os tempos".

A francesa Laure Manaudou, medalhista olímpica em Atenas-2004, também prestou sua homenagem no Twitter, com a expressão RIP ("descanse em paz", em português). O velocista australiano Eamon Sullivan, medalhista em Pequim-2008, chamou Alexander de "amigo" e o classificou como "um dos maiores" no nado peito.

O mais emocionado foi o sul-africano Cameron van der Burgh, especialista nas provas de peito. Um dos maiores rivais de Alexander nos 100m da modalidade, ele chamou o nadador de "irmão" e "melhor amigo". Cameron foi bronze nos 100m peito do Mundial de Xangai, em 2011. Na ocasião, Alexander ficou com o ouro.

Cesar Cielo
"Noticia muito triste para a natacao mundial. Alexander Dale Oen, todo nosso respeito e admiracao pelo grande campeao que foi".

Bruno Fratus
"Acordei chocado com a noticia, um dos maiores nadadores de todos os tempos, Alexander Dale Oen nos deixou ontem".

Laure Manaudou
"RIP #alexanderdaleoen !!"

Eamon Sullivan
"RIP meu amigo Alexander Dale Oen. Um dos maiores nadadores de peito de todos os tempos. Tanto talento, um cara tão legal. Você fará falta. Muito, muito triste".

Cameron van der Burgh
"Ao meu maior rival. Meu melhor amigo. Meu irmão no nado peito. Que você descanse em paz. Com amor. Ele morreu fazendo o que amava".


Fonte: Globoesporte.com
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: