slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Marquinhos chega ao Grêmio se dizendo um coadjuvante


Campeão da Copa do Brasil em 2010 com o Santos, o meia Marquinhos era o coadjuvante de um trio formado por Neymar, Robinho e Paulo Henrique Ganso. Depois, voltou ao Avaí com status de ídolo - camisa 10, braçadeira de capitão e referência técnica.

Ao jogador, entretanto, interessa recuperar no Grêmio a imagem de coadjuvante construída no Santos. Ele foi apresentado oficialmente como novo reforço do clube na tarde desta terça-feira, após realizar exames médicos e assinar contrato de três anos.

- No Avaí eu era o 'Neymar ou o Ganso' de lá, guardadas as proporções. Aqui tem o Douglas, e tem de respeitar o espaço dele. Eu não me acho a última bolacha do pacote. O mais importante é o clube. No Santos eu era coadjuvante, e tem que ser assim aqui também - justificou.

Ainda no Avaí, Marquinhos recebeu de Silas, e de jogadores, boas referências do Grêmio. Silas, William e Ferdinando trabalharam no tricolor gaúcho ano passado:

- Conversei não só com o Silas, mas com o William, o Ferdinando, e com o Edilson que aqui está. Só me falaram coisas boas. O Silas ganhou o Campeonato Gaúcho, foi vice da Copa do Brasil, e falou mil maravilhas. Nas poucas horas que aqui estou deu para perceber que é assim mesmo, as pessoas são acolhedoras.

Marquinhos, neste contexto de coadjuvante, não 'se escala' no time. Ele aguardará a decisão de Renato Gaúcho.

- Meu desafio primeiro é conquistar espaço. É difícil, porque é um time de qualidade. Venho com o pensamento de conquistar. Outro desafio é conquistar um título importante, faz tempo que o Grêmio não conquista. Vamos brigar pelo título Brasileiro, o Grêmio não pode se dar ao conforto de não brigar pelo título - concluiu.

Foto: Eduardo Cecconi/Globoesporte.com
Fonte: Globoesporte.com
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: