slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Prefeitura de Canguçu assina diversos convênios


Atos de assinatura dos termos correspondentes, aconteceram em reunião nesta manhã, entre o prefeito Cássio Mota e presidências ou representações legais das entidades conveniadas. O Lar de Idosos Bom Samaritano, firmou convênio, referente ao Projeto Viver Melhor, cujo repasse de R$12 mil será feito em quatro parcelas de R$ 3 mil à entidade que assiste a 30 pessoas idosas, entre homens e mulheres.

Com a Entidade Assistencial Damas de Caridade foi assinado convênio, destinado ao cumprimento pelo Município da concessão de um professor (20hs semanais), para atendimento a alunos do Centro Promocional Madre Madalena, o qual atende em turno inverso a 80 alunos, entre 7 a 14 anos. Com a COESC (Cooperativa dos Estudantes de Canguçu), o convênio assinado prevê recursos de R$ 9 mil, mensais, pelo período de 10 meses. Já com o CAR (Centro de Apoio Renascer), o qual trabalha com 54 crianças carentes, em turno inverso ao da escola de cada criança, foi firmado um convênio prevendo a destinação de R$ 8 mil, em parcela única, para gastos gerais da entidade.

Após a assinatura dos termos de compromissos entre a Prefeitura e as Entidades beneficiadas se ouviram as manifestações dos participantes. O presidente da COESC Maurício Reyes Gularte agradeceu, dizendo que esse apoio é fundamental para a entidade, sem o qual seria impossível se manter o número de carros que transportam os alunos para Pelotas, com preços acessíveis aos estudantes e, para a própria cooperativa. Em nome das Damas de Caridade falou Carmem Lúcia Paes do Amaral, também manifestando sua satisfação e da Direção da entidade, uma vez que a parceria com a Prefeitura é fundamental, tornando viável a manutenção das atividades.

Pelo Centro de Apoio Renascer falou a presidente Vera Marta Vargas, a qual salientou a importância da parceria pelo trabalho sério executado pela entidade, embora difícil o enfrentamento das dificuldades, sendo que o recurso é bem vindo, porém, não suficiente para todas as carências do CAR. Agradecendo ao Prefeito, pediu que as lideranças e a comunidade visitem a entidade para conhecer o trabalho ali executado. Já o pastor Joel, do Lar de Idosos Bom Samaritano destacou que hoje, essa parceria atende em média 30 idosos, e que tudo aquilo que vem de auxílio é importante.

 O Lar possui 12 funcionários que são mantidos com recursos da entidade, mas todo o resto depende das parcerias com a Prefeitura e com a comunidade. O secretário de Educação e Esportes Andrio Aguiar disse que o ato “era um momento de alegria”, de reconhecimento pelas ações que passam pelo Poder Executivo, de cujas obrigações o mesmo não pode eximir-se, no entanto, afirmou que cada entidade, cada cidadão, tem o dever de contribuir com estas entidades, para o bem das crianças assistidas ou dos estudantes beneficiados. Também a secretária Municipal de Assistência Social Mara Mota agradeceu a Deus pela possibilidade de integralizar ações, destacando o quanto é essencial a participação de todos para a efetivação desses projetos.

“Não conseguimos 100 %, como todos desejaríamos”, sempre teremos o que fazer, mas atendemos as necessidades assistenciais com um bom grau de satisfação. Esse trabalho social se constitui num ponto importante de integração do Poder Público, assistência social e a comunidade. Em nome da Câmara de Vereadores, também o vereador Ubiratã Cardoso Rodrigues destacou que o maior patrimônio de uma administração são as pessoas da comunidade e que a área assistencial é um setor delicado, saudando a importância que o Prefeito tem dado a esse segmento. Vice-Prefeita e secretária Municipal da Saúde, Mariza Eslabão, salientou que todos devem ter o respeito e a liberdade de ação nessa área, por isso, a importância da valorização de cada uma das pessoas e das entidades presentes. Ao Poder Público cabe colaborar com o que for possível, porque também enfrenta a escassez de recursos, mas é fundamental esse espírito de partilha, dividindo esse trabalho com a comunidade. Encerrando o ato, o prefeito Cássio Mota disse que “preocupa a vida das entidades”.

 Às vezes, ajudamos mais, ás vezes menos, importante, destacou, é que a rede de proteção social depende dessa boa parceria existente entre a Administração e as entidades assistenciais. O diálogo, afirmou, precisa ser constante, os problemas das entidades são problemas da Administração, “diálogo, portanto, é fundamental e tem de ser permanente, a luta é de todos”, finalizou.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Canguçu

Fonte: Blog Canguçu em Questão, de Ricardo Moura
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: