slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Jonas brilha contra ex-clube, Grêmio vence o Guarani, e deixa descenso


O Olímpico não virou o caldeirão que a direção esperava, mas foi suficiente para o Grêmio vencer o Guarani nesta quarta-feira. Jonas, que estreava contra seu ex-clube, voltou a marcar e garantiu o 1 a 0. Os comandados de Renato Gaúcho chegaram a ser pressionados pelo time de Campinas no segundo tempo, mas o Guarani não justificou a boa campanha no Brasileiro.

O resultado retira o Grêmio da zona do rebaixamento. Com 19 pontos o time passa o Grêmio Prudente e pula para a 16ª colocação. Enquanto isso, bem longe da crise está o Guarani, em 11º com 23 pontos.

Nos primeiros minutos da partida o Grêmio pressionou e abusou das jogadas pelo lado esquerdo. Neste aspecto Fábio Santos foi destaque, buscando combinações com Jonas.

Com a profusão de jogadas pelo lado, antes dos 15 minutos, Rodrigo Hefner e Fabão, defensores do lado direito do Guarani, já haviam levado cartão amarelo.

Com duas linhas de quatro jogadores atrás da linha divisória do gramado, o Guarani estava, aparentemente, satisfeito em somente se defender e não assustava o Grêmio em nenhuma oportunidade.

Foi exatamente pelo lado esquerdo que saiu o gol do Grêmio. Douglas abriu para Fábio Santos que fez um lindo cruzamento para Jonas marcar de cabeça. Por ser criado no Guarani, o atacante não comemorou o gol. Jonas encerrou um jejum de seis jogos no Brasileiro e oito partidas contando os duelos da Copa Sul-Americana.

Depois de marcar, o Grêmio seguiu pressionando e comandou todo o primeiro tempo. Borges e Fábio Rochemback tiveram chances de marcar, e também se destacaram na primeira etapa. Completamente envolvido, o Guarani não fez frente ao time tricolor em nenhum momento dos primeiros 45.

No segundo tempo, porém, o Guarani evoluiu muito. Com mais vontade, o time de Campinas se jogou ao ataque para buscar o empate. O Grêmio adotou uma postura mais cautelosa e ficou satisfeito em se defender.O que fez o Guarani melhorar consideravelmente foi uma troca feita no intervalo por Vagner Mancini. O comandante sacou Maycon e colocou Baiano, que acrescentou qualidade ao time.

O Grêmio parou de usar a alternativa que deu certo na primeira etapa: o lado esquerdo. O caminho encontrado principalmente com a boa atuação de Fábio Santos desapareceu junto com as jogadas ofensivas do Grêmio na segunda etapa.

Aos 28 minutos, o Guarani chegou a empatar. Depois Baiano obrigar Victor a uma bela defesa, Ricardo Xavier fez o gol, mas o árbitro assinalou impedimento. A partir do gol anulado o Guarani perdeu a cabeça e o comando do jogo. Em jogadas de velocidade o Grêmio voltou a dominar a partida e esteve perto de ampliar o marcador, mas não houve tempo para mais gols e a vitória tirou o Grêmio da zona do rebaixamento.

Na última rodada do primeiro turno o Grêmio enfrenta o Botafogo no Rio de janeiro, sábado, às 18h30, no Engenhão. Já o Guarani recebe o Fluminense no domingo às 16h em Campinas.

Informações do Portal Uol
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: