slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Informativo Miriam Marroni 13631


Chegada a reta final, Miriam Marroni se licencia do mandato legislativo para se dedicar exclusivamente à campanha para Deputada Estadual

A palestra Mães contra o Crack, a audiência pública para debate do piso salarial nacional da Educação e todos os encaminhamentos de novas solicitações para internação de dependentes químicos, realizados nesta semana, foram as últimas atividades do mandato da vereadora pelotense, Miriam Marroni (PT), antes das eleições. Nesta sexta-feira, ela encaminhou a documentação para solicitar licença no período de 27 de setembro a 3 de outubro, com o objetivo de se dedicar exclusivamente a agenda de compromissos de campanha.

A candidata a Deputada Estadual entende que é de fundamental importância divulgar, na cidade e na região, a necessidade que a Zona Sul tem de eleger um representante para a Assembleia Legislativa. "O país vive o mais importante momento, de decidir o seu destino. É hora de escolher o tipo de vida para os próximos quatro anos. Votar é uma grande responsabilidade, porque não se trata apenas de escolher os governos, mas sim de decidir a sua própria vida. Por isso, vou me dedicar exclusivamente, nesta última semana, a lutar por dar continuidade ao maravilhoso trabalho realizado no Governo Lula". Durante sua licença de uma semana, o suplente do partido, Dejair Garcia, assumirá a cadeira ocupada por Miriam na Casa Legislativa pelotense.


Debate de professores sobre o piso nacional da Educação é proposto por Miriam Marroni

Professores da rede pública de Pelotas lotaram o Plenário da Câmara de Vereadores para discutir, em audiência pública proposta pela vereadora Miriam Marroni (PT), a efetiva implantação do piso nacional salarial da educação, de cerca de R$ 1 mil, instituído através da lei sancionada em 16 de julho de 2008. Na tarde desta sexta-feira (24), as escolas públicas da cidade foram convocadas pelo Sindicato dos Municipários de Pelotas (Simp) a realizaram uma paralisação da categoria, que ficou a critério de cada instituição de ensino. Leia mais em http://bit.ly/aIx2Lm.


Região terá novos leitos para tratamento de usuários de drogas

É com muita alegria e satisfação que a coordenadora do grupo Mães contra o Crack, Miriam Marroni (PT), recebeu, nesta sexta-feira (24), a notícia de que o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas, do Governo Federal, começa a ser colocado em prática. A população de 14 municípios do Rio Grande do Sul poderá contar com mais 73 leitos para tratamento de usuários de álcool e drogas, especialmente crack. Nesta sexta-feira (24), o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Alberto Beltrame, assinou, em Porto Alegre, portaria que autoriza a habilitação dos novos leitos, cujo investimento do governo federal é de R$ 2,9 milhões. Leia reportagem completa em http://bit.ly/cFmfFM. Serão R$ 140 milhões de investimentos do Governo Federal para a criação de mais de 6 mil leitos em todo o país, qualificação dos serviços e ampliação da rede de atendimento psicossocial. Confira http://bit.ly/deZfZ3.


Miriam fala sobre a epidemia do crack em Semana da Educação da Escola Assis Brasil

A presidente da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Segurança, Miriam Marroni (PT), ministrou a palestra Mães contra o Crack para cerca de duzentos alunos e professores do Curso Normal da Escola Assis Brasil. O evento fez parte da abertura da 14ª Semana de Educação "Criar, renovar, eduacar", que durou de quarta a sexta-feira.

O público ficou atento a cada orientação da psicóloga. "A juventude é a fase natural em que o homem age pelo impulso do prazer, não tem noção do perigo e quer romper limites. Por isso, é a fase mais propícia para a experimentação das drogas". Miriam destacou que acabam restando apenas dois caminhos para os usuários do crack, uma droga altamente destrutiva e causa dependência imediata: o mundo da contravenção e/ou o cemitério. E também se emocionou, ao final da palestra, com os depoimentos das experiências de três integrantes do Mães contra o Crack, Silvia Lima, Elaine Jung e Lis Maria Parsso.

Grupo em expansão

O movimento Mães contra o Crack não para de crescer. Só nos últimos dias, foram cadastradas cinco novas integrantes e feito quatro encaminhamentos com pedidos de internação. O grupo já conta com 98 componentes, entre mães, demais familiares e profissionais da saúde que contribuem com o trabalho coordenado pela vereadora Miriam Marroni.


Show de luzes faz o diferencial nas campanhas de Miriam e Marroni


Pelotas parou para ver as luzes da campanha de Fernando e Miriam Marroni na noite da última sexta-feira (17). O show de laser contratado para ser o grande diferencial visual da campanha nesta reta final chamou atenção de todos que passaram pela rótula do BIG, no centro da cidade.

A partir de agora os lasers de Marroni e Miriam se espalharão pela região e acompanharão as atividades de campanha dos dois candidatos. É um show a mais para quem acredita que a democracia é uma festa a ser celebrada todos os dias.

Se você ainda não viu, clique nos links abaixo e tenha uma pequena prova de como funciona a atração. E, prepara-se para ver ao vivo a qualquer momento, em qualquer lugar da cidade ou da região.

http://www.youtube.com/watch?v=0LdPjo6K3f0

http://www.youtube.com/watch?v=76rGdYStSr4

Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: