slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Copa aquece mercado de games de futebol e consolida crescimento


Apesar de os jogos de futebol não estarem no Top 10 dos mais vendidos da Europa e não atraírem um grande público nos Estados Unidos, eles possuem uma importante penetração no mercado brasileiro. E de quatro em quatro anos, os fãs desse tipo de jogo tem um atrativo: o game oficial da Copa do Mundo.

As empresas que desenvolvem os dois principais jogos de futebol do mercado – Eletronic Arts (EA), dona do Fifa, e Konami, do Pro Evolution Soccer (PES) – são muito fechadas quanto à divulgação de números de vendas, mas ambas apontam um crescimento nos anos de Mundial

“A nossa estratégia foi ter lançado no fim do mês passado, bem perto da Copa. Agora vamos colocar muito produto com os varejistas, na Internet e também nas locadoras, tudo no timing”, explicou Rodrigo Drysdale, diretor de marketing da Warner, responsável pelos games da EA, que detém os direitos de usar o nome da Fifa e desenvolver o jogo oficial da Copa.

Do outro lado está a Konami, que mesmo não tendo a chancela da entidade máxima do futebol e sendo o concorrente direto, dominou o mercado nos últimos anos. “No Brasil, o game mais vendido e mais popular junto ao público consumidor é o Pro Evolution Soccer, às vezes também lembrado como Winning Eleven”, respondeu a NC Games, representante da empresa japonesa em território brasileiro.

“Tanto PES como Fifa são franquias de sucesso, cada um com grande potencial de crescimento, principalmente no Brasil, que é o país do futebol. Apesar dos dois games possuírem o mesmo tema, eles apresentam jogabilidade, características e faixas de preço diferentes”, completou.

A aposta da Eletronic Arts para 2010 é um jogo mais completo, não dando margem ao concorrente. “Em 2006, por exemplo, quase 75% dos usuário do game da Copa do Mundo não eram jogadores tradicionais do jogo Fifa. Podiam preferir o concorrente ou nunca terem jogado, mas não eram consumidores do Fifa”, disse Jonathan Harris, diretor de marketing da EA.

“É um jogo 100% Copa, só com seleções. Tem das eliminatórias até o Mundial. Como é um produto do evento, muitas pessoas que não acompanham futebol vão atrás do game. O produto é um pouco mais acessível para esse público”, completou.

Estratégias

Em pesquisa encomendada pela Nintendo, que era para ser de uso apenas interno da empresa, mas acabou vazando, o Fifa 2010 apareceu duas vezes na lista dos 30 jogos mais vendidos na Europa nos quatro primeiros meses deste ano, enquanto o PES não apareceu. Até por isso, a Konami já adota estratégias diferenciadas.

No Brasil, por exemplo, a NC Games voltou a apostar em propagandas na televisão. “Anunciamos prioritariamente em TV por assinatura, mas também houve veiculação em canal aberto. O PES foi eleito como o melhor game de esporte da Electronic Game Show [uma das principais feiras do mundo sobre o assunto] e é bastante popular no Brasil. Como tivemos uma importante redução de preço do produto, em um ano de Copa, investimos em TV”, explicou.

Já a EA utilizou apenas mudanças no próprio produto para o game da oficial do Mundial da África do Sul deste ano. “O jogo da Copa do Mundo tem até uma jogabilidade mais simples, justamente por isso. As vendas vêm crescendo nos últimos três anos, até porque a qualidade melhorou”, afirmou Jonathan Harris.

do Uol Copa do Mundo

Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: