slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Inter volta a vencer CSKA e está na semifinal da Liga dos Campeões


A Liga dos Campeões conheceu seu primeiro semifinalista: a Internazionale. Mesmo jogando na Rússia, a atual líder do Campeonato Italiano não encontrou problemas para derrotar o CSKA Moscow por 1 a 0 nesta terça-feira no estádio Luzhniki. Agora, os nerazzurri aguardam a definição entre Barcelona e Arsenal para conhecer seus rivais na briga por um lugar na decisão.

Para a partida, José Mourinho, técnico da Inter, contou com a volta do brasileiro Lúcio entre os titulares. O zagueiro, suspenso, havia ficado fora da primeira partida, vencida pelo time de Milão por 1 a 0 em casa. No meio-campo, Wesley Sneijder também fez parte do onze inicial. O holandês havia se tornado dúvida após deixar mancando o treino realizado pelos nerazzurri na segunda-feira. Por sua vez, o CSKA Moscow teve as ausências dos meio-campistas Evgeni Aldonin e Milos Krasic, ambos suspensos.

Desde 2003, a Internazionale não disputava uma semifinal de Liga dos Campeões. Naquela ocasião, a equipe enfrentou o arquirrival Milan e levou a pior. Os rossoneri, futuros campeões, foram para a final contra a Juventus após dois empates no clássico milanês (0 a 0 e 1 a 1).

Nas semifinais, a Internazionale enfrentará Barcelona ou Arsenal, que jogam nesta terça-feira no Camp Nou. O primeiro jogo, em Londres, terminou empatado por 2 a 2. A partida, que terá início às 15h45 (horário de Brasília), terá transmissão ao vivo da emissora de TV ESPN Internacional. O Placar UOL Esporte fará o acompanhamento lance a lance.
O jogo

No gramado sintético do estádio Luzhniki, o CSKA Moscow teve a primeira chance logo a 1min. Honda arriscou de fora da área e mandou para fora. A Internazionale reagiu muito bem ao susto e logo abriu o placar. Aos 6min, Milito sofreu falta na intermediária; Sneijder bateu forte, a bola passou por baixo da barreira e o goleiro Akinfeev aceitou.

A vantagem no placar deu ainda mais tranquilidade à Inter, pois obrigava o CSKA a fazer três gols para se classificar. Com dificuldades para superar a forte marcação dos visitantes, o time russo ensaiou levar perigo em uma cobrança de falta de Honda, aos 17min, mas o meia japonês errou o alvo.

Aos 23min, o CSKA esteve perto do empate. Necid recebeu na entrada da área e chutou rente à trave direita de Júlio César. A Internazionale recuou, mas mostrou-se segura na defesa. A equipe russa só conseguia ameaçar o goleiro brasileiro em cobranças de falta. Em uma delas, González, aos 26min, mandou por cima.

Diego Milito desperdiçou grande chance de ampliar a vantagem da Inter aos 35min. O atacante argentino recebeu lançamento de Sneijder, driblou seu marcador e chutou para defesa de Akinfeev. Em um chute de longe, Odiah deu trabalho a Júlio César, que desviou aos 44min.

Na segunda etapa, a situação do CSKA Moscow se complicou ainda mais. Aos 4min, Odiah deu uma entrada forte em Eto’o, recebeu seu segundo cartão amarelo na partida e foi expulso. Com um jogador a mais em campo, a Internazionale tratou de tocar a bola para fazer o tempo passar.

Aos 12min, Júlio César fez uma bela defesa e evitou o empate. Semberas levantou da direita, González matou no peito e chutou forte, mas o goleiro pegou sem dar rebote. Sem forçar, a Inter criou duas chances na sequência. Aos 23min, Akinfeev espalmou um chute de Sneijder; pouco depois, o goleiro do CSKA desviou uma finalização de Stankovic.

A entrada de Guilherme, ex-Cruzeiro, aos 26min, não serviu para tirar o time russo do sufoco. Milito, autor do gol da vitória da Inter no jogo de ida, chutou da entrada da área aos 26 e Akinfeev pegou sem dificuldades. No minuto seguinte, o atacante argentino desperdiçou outra chance: ele recebeu lançamento e bateu firme, mas Akinfeev defendeu de novo.

Nos acréscimos, González, em cobrança de falta rasteira, teve a última chance dos donos da casa, mas mandou para fora. Com tranquilidade, a Internazionale administrou a vantagem e comemorou a classificação para as semifinais.


CSKA MOSCOW 0 X 1 INTERNAZIONALE

CSKA Moscow
Igor Akinfeev; Alexei Berezutsky, Vasily Berezutsky (Chidi Odiah), Sergei Ignashevich, Georgy Shchennikov; Keisuke Honda (Elvir Rahimic), Deividas Semberas; Pavel Mamaev, Alan Dzagoev, Mark González; Tomas Necid (Guilherme)
Técnico: Leonid Slutsky

Internazionale
Júlio César; Maicon, Lúcio, Walter Samuel, Javier Zanetti; Esteban Cambiasso, Wesley Sneijder (Sulley Muntari), Dejan Stankovic; Samuel Eto’o, Diego Milito (Mario Balotelli), Goran Pandev (Christian Chivu)
Técnico: José Mourinho

Data: 6/abril/2010
Local: estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia)
Árbitro: Stéphane Lannoy (França)
Auxiliares: Eric Dansault e Laurent Ugo (ambos da França)
Cartões amarelos: Stankovic (Internazionale), Odiah, Mamaev (CSKA)
Cartão vermelho: Odiah (CSKA)
Gol: Sneijder (Internazionale), aos 6min do primeiro tempo

do Uol Esportes.

Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: