slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Adolescente de 16 anos é estuprada e espancada em Grão-Pará, no Sul

Policiais civis do Sul de Santa Catarina estão mobilizados desde domingo na busca ao suspeito do estupro de uma adolescente de 16 anos no interior de Grão-Pará, no fim de semana.

A jovem foi violentada sexualmente e espancada na noite de domingo, durante um baile comunitário. Ela teve parte dos dentes quebrados a socos e pontapés pelo estuprador.
Na manhã desta quarta, a garota permanecia hospitalizada, em Tubarão. Não foram divulgados detalhes do estado de saúde dela.

Segundo o investigador Alexandre Martimiano, da delegacia de Braço do Norte, a polícia já encontrou indícios que podem auxiliar na identificação do suspeito do crime, que está foragido.

Qualquer informação que possa auxiliar a equipe de investigadores pode ser repassada pelo disque-denúncia, no telefone 181, ou diretamente aos policiais da região, no (48) 3658-2071.

Como foi

A jovem era uma das integrantes de uma excursão que saiu de Sangão, município vizinho, para a comunidade de Serra Furada, no interior de Grão-Para, no domingo.

Pelo menos 40 pessoas foram até a localidade para participar de eventos de confraternização. À noite, houve um baile. O crime teria acontecido neste período, segundo a polícia.

Quando os organizadores da excursão fizeram a contagem dos participantes, antes do retorno para Sangão, notaram o desaparecimento da adolescente. Ela foi encontrada instantes depois, caída no vestiário de um campo de futebol ao lado do prédio onde houve o baile.

A jovem estava com o rosto desfigurado, sem os dentes da frente, e vestia apenas uma blusa. A vítima foi levada às pressas ao hospital em Braço do Norte e, devido aos ferimentos graves, levada ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, horas depois.

— Ela chegou a ficar oito horas em coma, no hospital — disse o investigador Alexandre Martiminiano, ressaltando que o estuprador agrediu a garota para tentar matá-la e, ainda, abandonou a vítima depois de ter pensado que ela já estava sem vida.

O delegado Leonardo Valente, de Braço do Norte, está com o caso.

do Diário Catarinense, junto ao ClicRBS.
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: