slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Variação de preços de medicamentos pode chegar a 1.400%, diz Procon-SP

Pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP e pela Secretaria da Saúde de São Paulo mostra que a variação nos preços de medicamentos semelhantes pode chegar a 1.415%. O levantamento, divulgado nesta terça-feira, aponta que o consumidor deve pesquisar preços antes da compra.

Os dados levam em conta os preços de uma loja a outra e comparação entre o medicamento referência e o genérico. De acordo com a secretaria, apesar de os medicamentos genéricos serem mais baratos, também apresentem variações de preços por serem produzidos por diferentes laboratórios.

A pesquisa envolveu 103 itens --62 de referência e 41 genéricos-- em 15 estabelecimentos farmacêuticos da cidade.

Preços

Veja abaixo as três maiores diferenças constatadas pela pesquisa:

- Hidantal (Fenitoína), 100 mg., 25 comprimidos - diferença: 1.415%
Maior preço do medicamento referência: R$ 6,06 (Drogão - região Sul)
Menor preço do medicamento genérico: R$ 0,40 (Farmalife - centro)

- Voltaren (Diclofenaco Sódico), 50 mg., 20 comprimidos - diferença: 964,55%
Maior preço do medicamento referência: R$ 20,12 (Drogaria São Geraldo - região oeste)
Menor preço do medicamento genérico: R$ 1,89 (Drogaria Campeã - centro)

- Tylenol (Paracetamol) - 200 mg/ml, gotas 15 ml - diferença: 879,19%
Maior preço do medicamento referência: R$ 14,59 (Drogasil - região norte; Drogão e Droga Raia - região sul)
Menor preço do medicamento genérico: R$ 1,49 (Drogaria Campeã - centro)

da Folha Online
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: