slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

"O presidente é uma pessoa saudável e está bem", diz médico após crise de hipertensão de Lula

O cardiologista Roberto Kalil Filho, médico pessoal de Luiz Inácio Lula da Silva, 64, afirmou que o presidente passa bem após sofrer uma crise de hipertensão durante visita ao Recife, em Pernambuco. “O presidente é uma pessoa saudável. Ele está bem”, disse aos jornalistas após conversar com Lula no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, onde a comitiva presidencial desembarcou por volta das 11h10 de hoje.

“Ele teve um aumento de pressão. Foi controlado. Fizeram [no Recife] uma avaliação clínica dele e acharam por bem dispensar o presidente porque estava tudo bem. Como estava previsto, talvez ele faça nos próximos dias um check-up anual”, explicou o médico. "Eu gostaria que essa avaliação fosse feita o mais rápido possível”, disse Kalil.

Mais cedo, o cardiologista havia dito que Lula fará um check-up “nem que tenha que ser puxado pela orelha”. A série de exames deve ser realizada ainda neste final de semana, provavelmente no Hospital Sírio Libanês. Kalil contou ainda que monitorou o estado de saúde do presidente desde a noite de ontem, por telefone.

Lula teve uma crise de hipertensão ontem à noite, quando estava no avião que o levaria para o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Ele foi internado no Real Hospital Português de Beneficência (RHP), na capital pernambucana, onde passou a noite. Lula recebeu alta às 6h55 de hoje e a agenda dele foi cancelada até segunda-feira (1º), por orientação médica.

Segundo o boletim médico, Lula teve uma crise hipertensiva, causada por forte estresse. A pressão do presidente chegou a 18 x 12, quando normalmente fica em 11 x 8. O Hospital Sírio Libanês informou que ele não passou por exames no último ano.

Na Suíça, Lula receberia o prêmio de Estadista Global. Ele será representado pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim. Em Davos, estão presentes vários membros do governo brasileiro, entre eles o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu de Recife por volta das 8h de hoje, e chegou a São Paulo por volta de 11h10, no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Ele desceu do avião presidencial e caminhou até o carro que o levou até São Bernardo do Campo (ABC Paulista), onde descansará em companhia dos familiares até domingo.

Semana intensa

O presidente visitou quatro Estados em três dias nesta semana e, no período em que permaneceu em Brasília, participou de diversas reuniões no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede provisória do governo, e de eventos como a solenidade de terça-feira (26), no Ministério da Justiça, em que foi assinado o decreto que criou a Bolsa Copa e a Bolsa Olímpica.

Na segunda-feira (25), Lula participou de eventos em São Paulo e no Rio de Janeiro e, na manhã seguinte, depois de uma agenda intensa de reuniões e da cerimônia no Ministério da Justiça, participou do ato de sanção da lei que regulamentou a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). Em seguida, embarcou para Porto Alegre, para cumprir compromissos no Fórum Social Mundial (FSM).

Ontem, o ritmo de trabalho continuou intenso: Lula chegou a Brasília de madrugada e, de manhã, participou de gravações para o programa eleitoral do PT. Antes de embarcar para Recife, reuniu-se na Base Aérea de Brasília com o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e os deputados Henrique Fontana (PT-RS) e Cândido Vaccarezza (PT-SP).

Em Recife, Lula cumpriu três compromissos, o último deles, um jantar com o governador Eduardo Campos. O Palácio do Planalto informou que toda a agenda presidencial foi cancelada até o fim desta semana. Lula só deverá retornar ao trabalho na segunda-feira (1º).

Com informações da Agência Brasil

Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: