slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Destaque da seleção paraguaia, Cabañas leva tiro na cabeça no México

O atacante Salvador Cabañas, do América do México e da seleção do Paraguai, levou um tiro na cabeça e está internado em estado grave na Cidade do México. O jogador estava em um bar quando foi baleado durante a madrugada desta segunda-feira, e vai passar por uma operação.

“O jogador estava consciente quando chegou ao hospital, mas tem um problema cardíaco que estamos tentando estabilizar agora”, explicou o procurador do Distrito Federal, Miguel Mancera. Dois suspeitos já foram detidos.

“Ao que parece, o ataque aconteceu no banheiro do bar”, explicou o procurador, baseado no depoimento de um funcionário do estabelecimento. Ele não confirmou se houve uma briga ou um assalto.

Já o presidente do América, Michel Bauer, afirmou ao Primero Noticias que Cabañas foi baleado durante uma tentativa de assalto ao bar onde se encontrava.

“Parece que quiseram assaltá-lo no bar e lhe deram um tiro. Ele então entrou no banheiro, e foram atrás dele. Foi isso o que me disse a sua mulher”, declarou o presidente do clube.

Bauer também negou informações publicadas na imprensa mexicana de que o jogador teria sofrido morte cerebral. O atacante foi internado na UTI do Hospital Los Angeles, na Cidade do México.

O bar onde aconteceu o crime não poderia estar funcionando, já que a lei mexicana determina o fechamento desses estabelecimentos depois das 3 horas da manhã. O crime aconteceu por volta das 5h. A polícia já interditou o local.

Presidente paraguaio lamenta


Cabañas tem 29 anos e é referência no ataque do time do América do México, além da seleção do Paraguai. Ele ficou famoso por ser “carrasco” da seleção brasileira nas eliminatórias, com dois gols em dois jogos contra o Brasil. Ele também foi responsável pelas eliminações de Flamengo e Santos na Copa Libertadores de 2008.

O crime causou grande repercussão no país. A edição digital do jornal ABC, o principal do Paraguai, reservou seu maior espaço para essa notícia, destacando que o presidente Fernando Lugo se pronunciou sobre o estado de Cabañas: "Lamentamos profundamente o ataque sofrido pelo desportista", declarou o governante em nota oficial.

O incidente também chocou os colegas de Cabañas. O presidente da federação paraguaia, Juan Angel Napout, lamentou o incidente: “Esperamos que ele melhore. É difícil se expressar nesses momentos. Devemos manter a calma e rezar para que Salvador fique bem”, declarou.

O atacante paraguaio Nelson Haedo, companheiro de Cabañas no ataque da seleção e jogador do Borussia Dortmund, disse que recebeu a “má notícia” e logo falou com os outros compatriotas que jogam na Europa. “Salvador é um grande amigo. Temos informações de que ele estava consciente e já melhorou. Vamos esperar”, afirmou.

do Uol Esportes.
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: