slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Cercado de expectativas, Grêmio encara o Caxias, e torcida espera show


A força do Grêmio no Olímpico é indiscutível. O time não perde em seu estádio desde 13 de setembro de 2008. O torcedor sai de casa e já conta com um final feliz. Imagine o tamanho da expectativa com o novo time. Cheio de novidades em 2010, o Tricolor terá o primeiro contato com a torcida em Porto Alegre. Apesar da estreia difícil, vitória por 3 a 2 sobre o Pelotas, de virada, ficou a sensação de que o grupo comandado por Silas pode render muito mais. Os gremistas querem show.

A nova chance será nesta quinta-feira, às 19h30m (de Brasília), contra o Caxias. Hugo, Leandro e Borges, reforços mais badalados, vão sentir a força da arquibancada. Os dois últimos pela primeira vez. O técnico Silas também vai ter uma sensação inédita.

Do lado do adversário, precaução. A ideia é voltar para a Serra Gaúcha com pelo menos um ponto. Missão difícil para o grupo comandado por Julinho Camargo.

O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país. O GLOBOESPORTE.COM detalha todos os lances em Tempo Real.

Com Jonas e sem lateral-direito, 3-5-2 ganha força

A escalação para o jogo desta quinta-feira, contra o Caxias, ainda é mistério. Silas não terá Mário Fernandes, Henrique, Maurício, William e Fábio Rochemback. Todos estão machucados. A exceção é Fábio Rochemback. Ele está muito gripado e sem condições de jogar.

Sem Mário Fernandes e Henrique, que seriam opções para a lateral direita, Silas deve mudar do 4-4-2, esquema da estreia, para o 3-5-2, que também foi utilizado contra o Pelotas. Na formação com três zagueiros, o volante Ferdinando seria escalado ao lado de Rafael Marques e Réver. O atacante Leandro seria o ala-direito, e Fábio Santos o esquerdo. No meio, Adilson, Souza e Hugo. Na frente, Borges e Jonas. São boas as chances deste último começar entre os titulares.

Se mantiver o 4-4-2, Ferdinando seria improvisado na lateral direita, e Túlio ocuparia a vaga dele no meio. Jonas ficaria no banco. Mas esta parece ser a opção menos provável.

- É importante jogar em mais de uma posição e sempre me preparo para estar no grupo, para ajudar. Tem que aprender a jogar de várias formas. Hoje, trabalhamos mais finalização e posse de bola. O professor ainda não disse qual será a escalação – disse o curinga Ferdinando.

Hugo não vê qualquer empecilho na formação com cinco jogadores no meio-campo. Segundo ele, neste momento o maior desafio do time é adquirir ritmo de jogo.

- No primeiro jogo, utilizamos uma formação que vinha sendo treinada na pré-temporada. Sentimos a falta de ritmo, não tivemos força para fazer os movimentos normais, mas jogando em casa vamos procurar jogar para frente, ficar mais em cima do adversário e conseguir o resultado positivo – explicou.

O empate é o bastante

Diante das dificuldades de enfrentar o Grêmio no Olímpico, o Caxias visita o Tricolor disposto a conquistar um ponto. Na estreia, a equipe do técnico Julinho Camargo ficou no 1 a 1 com o Inter-SM. Para a segunda rodada, tem preocupações defensivas e dúvidas na escalação. Foram dois treinos táticos na semana para trabalhar o posicionamento da equipe e criar alternativas contra a pressão do adversário.

- É importante ter um modo de jogar bem claro, independentemente se em casa ou fora, mas sabemos que temos que ter um comprometimento defensivo bem maior quando se enfrenta uma equipe como a do Grêmio - disse Julinho Camargo, em entrevista ao site oficial do clube.

Para o treinador, o time grená vai precisar de muita inteligência para segurar Souza, Hugo, Borges, Leandro e Jonas.

- Precisamos diminuir os espaços e, a partir desta postura compacta, dobrar a marcação, buscar reter a bola e criar situações de contra-ataque - afirmou.

Para o confronto, Julinho tem dúvidas. A primeira delas é o lateral-esquerdo Ismael, que ainda não tem condições legais de jogar. Se ficar fora, o zagueiro Tiago Saleti será improvisado na função. Caçapa entraria na zaga ao lado de Anderson Bill. No meio-campo, o treinador está entre Edenílson ou Lê.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO: Victor; Ferdinando, Rafael Marques e Réver; Leandro, Adilson, Souza, Hugo e Fábio Santos; Borges e Jonas.
Técnico: Silas

CAXIAS: Ricardo, Alisson, Anderson Bill, Tiago Saleti e Ismael (Caçapa); Marcos Rogério, Itaqui, Marcelo Costa, Edenílson (Lê); Everton e Cristian Borja.
Técnico: Julinho Camargo.

Estádio: Olímpico, Porto Alegre. Data: 21/01/2010. Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa/RS). Auxiliares: Marcelo Barison e Alduino Mocelin.

Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 19h (de Brasília).

do Globoesporte.com
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: