slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Enem 2009: Locais de prova já podem ser consultados na internet

Os locais de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2009 já podem ser consultados na internet; confira:


Segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), os cartões de confirmação da inscrição também já estão sendo entregues aos candidatos pelos Correios e devem chegar até o dia 30 de novembro. Quem não receber o documento pode consultar o local em que fará o exame pela internet ou pelo Programa Fala Brasil (telefone 0800-616161).

O cartão contém a hora, a data e o local da prova onde o candidato deverá fazer o Enem. Além disso, devem constar o número de inscrição, a senha de acesso aos resultados e a folha de leitura óptica para as respostas do questionário socioeconômico. O Enem 2009 será aplicado nos dias 5 e 6 de dezembro a 4,1 milhões de estudantes.

O questionário socioeconômico e o cartão de respostas também podem ser acessados pela internet para impressão:


Prova

No sábado (5) será aplicada a Prova I. São cobradas as disciplinas de ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. No domingo (6), será aplicada a Prova II, com linguagens, códigos e suas tecnologias, mais a redação, e matemática e suas tecnologias.

Os horários para fazer a prova não foram mudados: no sábado o Enem será aplicado das 13h às 17h30, com 4h30 de duração. No domingo, o horário é das 13h às 18h30. O horário considerado é o oficial de Brasília.

Fraude adia exame

A avaliação, que deveria ter sido aplicada nos dias 3 e 4 de outubro, foi cancelada por conta do vazamento de seu conteúdo.

Depois de fraudada a primeira prova, o MEC interrompeu o contrato com o Connasel (Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção), consórcio que estava responsável pela execução do Enem. Em regime de urgência, o Cespe (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília) e a Fundação Cesgranrio foram contratados para executar o novo exame. Os custos já atingiram R$ 131,9 milhões.

O Connasel foi o único a participar da licitação para o Enem 2009, fechada em R$ 116 milhões, dos quais cerca de R$ 36 milhões foram pagos pelo governo. O valor desembolsado se referiu à impressão da primeira prova, que já estava em processo de distribuição, quando dois cadernos foram furtados.

Ao todo, 53.542 candidatos do Enem 2009 pediram alteração de cidade para a aplicação da prova, o que representa 1,3% do universo total de inscritos, de 4.147.527 estudantes.

Outras informações podem ser obtidas no site do Inep.

do portal Uol.
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: