slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Democratas devem enfrentar derrotas em eleições locais dos EUA

O Partido Democrata, do presidente Barack Obama, pode enfrentar hoje derrotas simbólicas nas eleições locais dos Estados Unidos. Caso as tendências apontadas por tendências pesquisas de intenção de voto se concretizem, os democratas devem perder a corrida para os governos estaduais de Nova Jersey e da Virginia.

Os resultados das eleições desta terça-feira (3) devem ser usados pela classe política para prever o clima eleitoral no ano que vem, quando os americanos elegem novos deputados federais, um terço dos senadores e alguns governadores. As eleições de 2010 acontecem no meio do mandato presidencial, que tradicionalmente favorecem a oposição.

Entre as votações mais importantes deste ano, as pesquisas de intenção de voto mostram o governador democrata de Nova Jersey, Jon Corzine, perdendo a disputa pela reeleição para o ex-promotor republicano Chris Christie. O fato de Corzine ter sido presidente do banco Goldman Sachs também não o ajuda no páreo, mesmo com a participação de Obama em sua campanha. Os republicanos não ganham no Estado há mais de uma década.

Os democratas estão em situação pior na Virginia, onde Obama ganhou as eleições no ano passado e se tornou o primeiro democrata a atrair a maioria dos votos no Estado desde 1964. O atual governador, Tim Kaine, teve a candidatura à reeleição barrada por uma lei estadual, e em seu lugar concorre o democrata Creigh Deeds. Ele aparece pelo menos dez pontos atrás do republicano Bob McDonnell nas pesquisas. Deeds também contou com a participação de Obama na campanha. Para a Casa Branca, a derrota do candidato não deve se refletir na popularidade do presidente.

"Os resultados destas eleições tendem a ser superestimados", disse o ex-coordenador de campanha de Obama, David Plouffe, ao programa "Today", da NBC. "Estas eleições são locais. Há 18 mil vidas entre hoje e novembro do ano que vem."

Além das eleições para governadores, os americanos também escolhem hoje os novos prefeitos de Atlanta, Houston, Boston, Detroit e Pittsburgh. Em Nova York, o prefeito Michael Bloomberg deve conseguir o terceiro mandato.

Além disso, alguns Estados aproveitam a data para realizar referendos. No Maine, os eleitores decidem se aprovam ou não uma lei que permite o casamento gay, proposta por legisladores em maio. Um projeto que dá aos casais homossexuais que vivem juntos os mesmos direitos de pessoas casadas é votado em Washignton. E no Ohio, os eleitores decidem a legalização dos cassinos.

*Com informações da AP
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: