slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Com "ajudinha" do árbitro, São Paulo segura empate em POA

Serão pelo menos três dias na liderança do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, o São Paulo atuou durante mais de 15 minutos com dois jogadores a menos, no estádio Olímpico, mas segurou o empate por 1 a 1 contra o Grêmio e, pela terceira vez, abre a rodada no topo da tabela, provisoriamente. Aos 49min, Jean foi o terceiro expulso.

Os gols saíram no primeiro tempo: Rafael Marques abriu o placar, e Dagoberto empatou. Na etapa final, muitos erros de finalização e chances desperdiçadas, apesar do jogo ter ficado aberto.

O time paulista soma agora 59 pontos. Para ser o primeiro colocado ao final da 34ª rodada, torce por uma derrota palmeirense diante do Fluminense, no Maracanã, e por um empate do Atlético-MG com o Flamengo, no Mineirão. Entretanto, cairá para o terceiro lugar caso os concorrentes obtenham sucesso.

"Do jeito que acabou o jogo, logicamente foi ótimo [o resultado]. No primeiro tempo, senti o Grêmio cabisbaixo por causa da derrota para o Santo André, no domingo, e deixamos de aproveitar. No segundo foi parelho até a segunda expulsão. Depois, com oito jogadores, montamos duas linhas de quatro para se defender", analisou o capitão Rogério Ceni.

Já o Grêmio chega a 48 pontos e aparece cada vez mais distante da Copa Libertadores de 2010. Corre o risco de ficar a oito pontos do G-4 no fim de semana.

"Matematicamente tem chance, mas não é possível pelo nível dos competidores. Não adianta se iludir", decretou Tcheco.

O jogo

No primeiro tempo, os cruzamentos na área fizeram a diferença. As duas equipes não conseguiram entrar na área adversária com toques pelo meio e optaram pelo jogo aéreo.

Antes dos gols, ocorreram dois chutes com perigo de fora da área. Maxi López foi o primeiro a arriscar, e Hernanes tentou minutos depois, porém ambos erraram o alvo.

Aos 23min, Douglas Costa cruzou na área, a defesa visitante vacilou na marcação, e Rafael Marques subiu sozinho para cabecear em direção à rede.

"Precisamos aproveitar porque somos bons em casa na bola parada, com os cruzamentos do Tcheco, do Souza, do Douglas Costa... É ficar ligado até o fim", comentou o camisa 3 gremista, autor do gol.

Oito minutos depois veio a resposta. Hernanes cruzou da direita, Dagoberto dominou no segundo pau e finalizou fraco. A bola desviou em Rafael Marques e tirou o goleiro Victor do lance.

No primeiro turno, Dagoberto já havia anotado dois gols contra o Grêmio, no Morumbi, e nesta quarta repetiu o feito. "Isso e bom. O nosso time está bem no jogo, demos uma bobeira e levamos mais um gol de cabeça. Acontece, é corrigir porque estamos envolventes no toque de bola", analisou o camisa 25 do tricolor paulista.

"Sou ser humano e erro como qualquer um. Não foi minha vontade fazer o gol contra. Vou ser forte e passar por cima disso", apontou Rafael Marques, do outro lado.

Na volta para o segundo tempo, Paulo Autuori sacou o lateral-esquerdo Lúcio para a entrada de Fábio Santos. O objetivo foi neutralizar os lances de linha de fundo do rival paulista. "Vou cobrir o lado e evitar os cruzamentos, que é um ponto forte do São Paulo.

O confronto tornou-se mais movimentado na etapa final, com intervenções dos goleiros. Victor apareceu duas vezes, em chutes de Hernanes e Borges. Rogério Ceni se destacou mais, com boas defesas após finalizações de Douglas Costa, por duas vezes, e Maxi López.

Paulo Autuori foi ousado, e sacou o lateral Willian Thiego para a entrada do atacante Perea.

A partir dos 30min, o São Paulo perdeu Borges e Dagoberto expulsos. O primeiro ficou em campo somente por 14 minutos, cometeu duas faltas e recebeu dois amarelos. O segundo tomou o vermelho direto, após carrinho violento.

Com dois a mais, o Grêmio foi para cima, e Perea e Souza pecaram no arremate. O colombiano cabeceou para fora dentro da área, e o meia chutou perto do canto direito de Ceni.

GRÊMIO 1 X 1 SÃO PAULO

GRÊMIO
Victor; Willian Thiego (Perea), Rafael Marques, Réver e Lúcio (Fábio Santos); Adílson, Túlio (Herrera), Souza, Tcheco; Douglas Costa e Maxi López
Técnico: Paulo Autuori

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda; Arouca (Hugo), Jean, Hernanes, Jorge Wagner (Marlos) e Junior Cesar; Dagoberto e Washington (Borges)
Técnico: Ricardo Gomes

Data: 4/11/2009 (quarta-feira)
Local: estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)
Cartões amarelos: Túlio (G), Maxi López (G), Tcheco (G), Souza (G); Jean (SP), Borges (SP), André Dias (SP)
Cartões vermelhos: Borges (SP), Dagoberto (SP), Jean (SP)
Gols: Rafael Marques (G), aos 23min, Dagoberto (SP), aos 31min do primeiro tempo

do Uol Esportes.


Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: