slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Veja quem foram os mais votados na Seleção Gre-Nal


É possível que nunca mais haja oportunidade para momento como o de ontem, no estúdio da TVCOM, na entrega dos prêmios da Seleção Gre-Nal de todos os tempos, promoção do clicRBS e do Carrefour. Estavam, lado a lado, estrelas do passado e do presente da Dupla conversando como se fossem atuar em seguida.

Votaram 57,2 mil internautas. O resultado apresentou surpresas. Guiñazu, por exemplo, venceu ídolos do passado e, com menos de dois anos de clube, figurou ao lado de Falcão, Carpegiani e Fernandão no meio-campo do Inter. Pode-se dizer que os torcedores terminaram por unir gerações. Então, ao lado de Guiñazu, estava Dinho, campeão da Libertadores pelo Grêmio em 1995.

Os dois, guerreiro (como os colorados chamam o argentino) e cangaceiro (como os gremistas se referem ao sergipano) engataram conversas que pareciam divertidas. Falavam a mesma língua, com certeza.

Os craques da Seleção Gre-Nal receberam seus prêmios aos vivo, no programa TVCOM Esportes, apresentado por Maurício Saraiva e Jader Rocha. O presidente Duda Kroeff prestigiou a entrega. O vice de futebol Giovani Luigi representou o Inter.

Alguns dos escolhidos entraram ao vivo por telefone. Foi o caso do capitão gremista em Tóquio, em 1983. Hugo de Léon, candidato a vice-presidente do Uruguai pelo Partido Colorado, foi um deles. Arce, lateral-direito da Libertadores de 1995 e agora técnico no Paraguai, também. Houve alguns momentos de emoção. Danrlei, por exemplo, dimensionou a própria conquista:

– Cheguei à frente não só do Lara, que está no hino, mas também do Mazaropi. É um orgulho.

Outro que ficou até sem jeito com a lembrança foi Guiñazu:

– Nunca pensei. Nem sei o que falar.

Cláudio Duarte, claro, emprestou o seu toque de bom humor ao evento.

– Ô, pessoal do Carrefour: sai um vale-rancho para a gente? – perguntou, arrancando risos no estúdio lotado.

Ao final do programa, a foto para a eternidade. Várias gerações de jogadores que fizeram e fazem as histórias centenárias de Inter e de Grêmio se ajeitaram em uma pose de time de futebol, daquelas exigidas pelos fotógrafos antes de começar o jogo. A alegria de todos não deixou dúvidas. Estavam todos emocionados. É algo para, como disse o ex-meia Carlos Miguel, contar para os netos.

Informações do ClicEsportes.
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: