slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Nelson Piquet revela que informou a FIA de escândalo ainda no ano passado

O tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet afirmou que avisou a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) sobre a batida proposital de seu filho Nelsinho Piquet ainda no ano passado, durante o fim de semana do Grande Prêmio do Brasil.

O ex-piloto disse em entrevista ao jornal The Daily Mirror que conversou com o diretor de prova Charlie Whiting sobre o acidente, mas foi avisado de que nada poderia ser feito até que seu filho fizesse uma acusação formal sobre o caso.

"Quando isso aconteceu em Cingapura, eu não pude acreditar. Eu trabalhei com automobilismo durante toda a minha vida", desabafou o pai de Nelsinho Piquet sobre o momento em que ficou sabendo do ocorrido.

Piquet relatou seu inconformismo com o caso, em que chamou o filho para confirmar se isso realmente tinha acontecido e, quando teve a confirmação, decidiu tomar uma atitude com os dirigentes da FIA.

"Eu não podia acreditar. E depois chamei Nelson e ele confirmou, me perguntou se eu poderia ajudar, e isso e aquilo. Eu disse 'mas você poderia ter se machucado ou então machucar a outra pessoa' e ele disse 'sim, eu sei que errei, mas de qualquer forma, no Brasil eu falei com Charlie", afirmou Nelson Piquet.

O caso não foi imediatamente revelado por Piquet a Max Mosley pelo medo do ex-piloto em atrapalhar a trajetória do filho na Fórmula 1. "Eu fui a Charlie e perguntei o que poderia acontecer a Nelson se eu fizer isso. Eu estava com medo de estragar a carreira do Nelsinho", disse o tricampeão.

Segundo o jornal italiano Corriere della sera, ao obter a resposta de Charlie Whiting, de que nada poderia ser provado, Piquet procurou Max Mosley, mas também não teve êxito. "Charlie já me informou, mas não podemos provar nada a menos que alguém venha me dizer os fatos", teria dito Mosley.

Foi quando Nelsinho Piquet fez um depoimento aos membros da FIA durante o Grande Prêmio da Hungria deste ano e a entidade começou a trabalhar na investigação do caso. Na próxima segunda-feira, o Conselho Mundial da FIA vai julgar os envolvidos no escândalo.

Informações do Portal Uol.

Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: