slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Jornal britânico revela conversas de rádio entre Renault e Nelsinho

O jornal britânico "The Times" revelou em sua edição desta terça-feira trechos da conversa de rádio da equipe Renault durante o acidente do piloto brasileiro Nelson Piquet Júnior no Grande Prêmio de Cingapura de 2008.

Na gravação, Piquet pede desculpas e o diretor de Engenharia, Pat Symonds, manifesta preocupação com o estado do piloto após o acidente. O diretor da equipe, Flavio Briatore, no entanto, não se mostra imediatamente preocupado com Nelsinho e ainda ofende o brasileiro pelo acidente.

As fitas estão sendo usadas pelo órgão da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) que está investigando o acidente. Após ser demitido da Renault por mau desempenho neste ano, Nelsinho acusou Symonds e Briatore de pressioná-lo para bater na corrida de Cingapura no ano passado para favorecer o outro piloto da equipe, o espanhol Fernando Alonso, que acabou ganhando a prova.

Segundo o Times, Symonds teria recebido uma garantia de imunidade da FIA caso colaborasse com as investigações.

'Ele não é um piloto'

Segundo Nelsinho, o plano de Symonds e Briatore consistiu em fazer Alonso parar nos boxes para reabastecer na 12ª volta, quatro voltas antes do previsto. Na 14ª volta, Nelsinho bateu o carro contra a parede, fazendo com que o "safety car" fosse mandado para a pista. Neste período, os pilotos não podem realizar ultrapassagens e aproveitam para reabastecer nos boxes. Todos os carros que estavam na frente de Alonso pararam, deixando o espanhol na liderança.

Os trechos da fita publicados pelo Times revelam que no começo da corrida, Symonds ordena uma mudança de estratégia para Alonso, antecipando sua parada nos boxes e surpreendendo os engenheiros.

Na volta em que Piquet bate, os engenheiros estavam pressionando o brasileiro a ultrapassar Rubens Barrichello, da Honda. Logo após o acidente, um dos engenheiros diz que o incidente "é enorme". Piquet pede desculpas e Symonds manda perguntar se o brasileiro está bem. Piquet responde que bateu com a cabeça, mas que está bem.

Segundo o jornal britânico, a fita mostra que Briatore não se preocupou com o estado de saúde do brasileiro e ainda o xingou, dizendo que foi uma "desgraça" e que "ele não é um piloto". Mais adiante, Briatore pergunta se Nelsinho está bem.

O Conselho Mundial da FIA convocou a Renault para uma reunião na próxima segunda-feira na sede da entidade, em Paris. Tanto a Renault, como Briatore e Symonds podem ser banidos do esporte, se considerados culpados.

O presidente da FIA, Max Mosley, disse que, caso a Renault seja considerada culpada, Nelsinho deve escapar de punição por ter cooperado com as investigações.

Flavio Briatore e Pat Symonds negam as acusações do brasileiro. A Renault está processando Nelsinho e seu pai, o tricampeão Nelson Piquet, por tentativa de chantagem. Alonso diz desconhecer o suposto plano envolvendo Nelsinho.

Informações do Uol Esportes.
Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: