slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Brasil para na retranca tcheca, mas garante vaga antecipada no Mundial

Após uma estreia empolgante, o Brasil não manteve o embalo no Mundial sub-20 do Egito. A equipe verde-amarela parou na retranca da República Tcheca e precisou se contentar com um empate sem gols nesta quarta-feira, em Port Said. Mesmo com a decepção pelo resultado, a seleção se classificou para as oitavas-de-final de maneira antecipada.

O Brasil encerrou a rodada com quatro pontos ao lado dos tchecos. Com o resultado, os dois times garantem, ao menos, o terceiro lugar na chave. Como os quatro melhores terceiros colocados entre os seis grupos da primeira fase se classificam, e duas equipes das chaves B e D perderam suas duas primeiras partidas, as equipes se classificaram.

Diferentemente da goleada por 5 a 0 do fim de semana, o Brasil teve muitas dificuldades nesta quarta-feira. Nem mesmo com o apoio da torcida egípcia em bom número no estádio, a seleção conseguiu superar a forte marcação do time tcheco ao longo de toda a partida.

Sem mudanças entre os titulares, o Brasil começou o confronto com total domínio da posse de bola, mas com dificuldades para superar o esquema 3-6-1 da República Tcheca. Tanto, que invadiu a área da seleção europeia apenas uma vez nos dez minutos iniciais.

Nem com a troca no posicionamento de Giuliano e Paulo Henrique Ganso, o time sul-americano conseguiu envolver a marcação rival. Os tchecos, por sua vez, arriscaram apenas contra-ataques esporádicos e foram satisfeitos para o intervalo com o 0 a 0 no placar.

A etapa complementar começou com o panorama do jogo inalterado. Isolado no ataque, Alan Kardec raramente pegava na bola, enquanto a equipe europeia seguia na retranca.

Após 20 minutos de jogo, Rogério Lourenço promoveu as entradas de Maicon e Douglas Costa. Os atletas melhoraram a movimentação do Brasil, mas não fizeram muito além disso para evitar a igualdade sem gols e o esboço de algumas vaias em Port Said.

O Brasil volta a atuar no sábado. Caso confirme a liderança, o time irá enfrentar o segundo colocado do Grupo D (Gana, Inglaterra, Uruguai e Uzbequistão). Se avançar em segundo, a seleção duelará contra o líder da chave F (África do Sul, Emirados Árabes, Honduras e Hungria).

BRASIL 0 X 0 REPÚBLICA TCHECA

Data: 30/09/2009 (quarta-feira)
Local: estádio Port Said, em Port Said (EGI)
Árbitro: Alberto Undiano (ESP)
Auxiliares: Fermin Martínez e Juan Carlos Yuste Jimenez (ambos da ESP)
Cartões amarelos: Dalton, Souza, Rafael Tolói, Giuliano, Douglas, Maicon (BRA); Hosek, Moravek, Vosahlik (TCH)

BRASIL
Rafael; Douglas, Dalton, Rafael Tolói e Diogo; Souza, Maylson, Giuliano e Paulo Henrique Ganso (Douglas Costa); Alex Teixeira e Alan Kardec (Maicon)
Técnico: Rogério Lourenço

REPÚBLICA TCHECA
Vaclik; Hosek, Mazuch e Celustka; Reznik, Moravek, Fabian, Wojnar (Vacha), Marecek e Heidenreich; Pekhart (Vohsalik)
Técnico: Jakub Dovalil

Informações do Portal Uol Esportes.

Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: