slider

Recent

Tecnologia do Blogger.
Navigation

Brasil neutraliza jovem cubano e estreia com vitória na fase final

Destaque cubano na vitória sobre a Argentina, o jovem Leon não conseguiu o mesmo desempenho contra o Brasil. Os comandados de Bernardinho neutralizaram o atleta de 15 anos e os 'pupilos' caribenhos para conquistar a primeira vitória na fase final da Liga Mundial de vôlei. A estreia nesta quinta-feira terminou com o placar de 3 sets a 1 (25-18, 23-25, 25-17 e 25-19).

Desta maneira, Cuba encerra sua participação na segunda fase com um êxito e um revés. Já o Brasil volta à quadra na sexta-feira, às 12h30 (de Brasília), para enfrentar os argentinos. O duelo definirá as posições dos três times dentro da chave F.

Assim como sinalizou nos treinos, o técnico Bernardinho entrou com força máxima no jogo desta quinta: o levantador Bruninho, os ponteiros Giba e Murilo, os centrais Rodrigão e Lucão, o oposto Leandro Vissoto, além do líbero Escadinha, para conter a ameaça cubana, que tem jogo semelhante ao brasileiro.

A partida não começou como o Brasil esperava, e Cuba liderou o placar até o primeiro tempo técnico, com três erros de Giba. Porém, o Brasil contou com ótima atuação do bloqueio para assumir o controle do set, com três pontos seguidos no fundamento. Primeiro foi Murilo, seguido de Lucão e Bruninho (12-8), todas em ótima passagem de Rodrigão pelo saque.

O paredão brasileiro continuou funcionando bem. Além de ser responsável por 8 pontos diretos na primeira parcial, o fundamento ajudou a defesa brasileira a amortecer os golpes cubanos.

Com bom trabalho na cobertura e nos contra-ataques, o Brasil manteve a ponta no marcador até fechar a etapa com 25-18 em uma bola do central Lucão, após 22 minutos.

A seleção brasileira dominou o início do segundo set, com bons ataques de Giba. Mas quando o bloqueio pegou Rodrigão pelo meio, Cuba ficou à frente no marcador (5-4). O domínio caribenho durou pouco e o 'baixinho' Murilo sozinho parou o ataque de Sanchez na rede.

Em uma bela jogada com participação de quase todos os jogadores, o Brasil abriu três pontos de vantagem (10-7). Após o bloqueio amortecer, Bruninho mergulhou para salvar bola, o líbero Escadinha levantou e Murilo jogou com inteligência ao usar o paredão triplo dos adversários para voltar a bola para a quadra brasileira. No retorno, Vissoto foi a opção do levantador e novamente virou.

O jogo permanecia equilibrado, quando Cuba cresceu. Um ace de Leal e um bloqueio de Leon sobre Vissoto deram a vantagem de dois pontos (17-15), mas em excelente passagem de Murilo pelo serviço, o Brasil retomou a ponta. Dois aces e uma jogada que começou com bom saque e um ataque pelo fundo renderam ao ponteiro um entusiasmado abraço de Bruno, que disparou: "Te amo."

Mas o set era mesmo cubano. Simon novamente fez Cuba liderar o placar, com ace. Ao pisar na linha em saque, Giba viu o rival fechar em 25-23, após 27 minutos.

O terceiro set foi marcado pela primeira vez em que uma seleção conseguiu dominar de ponta a ponta. Embora tenha cometido um excessivo número de erros (nove em toda a parcial), o Brasil soube aproveitar ataques e contra-ataques para vencer por 25-17. O período teve a boa entrada de Thiago Alves no lugar de Giba.

O entrosamento entre o ponteiro e o levantador Bruninho - que jogam juntos na Cimed - ajudou o reserva a desempenhar bom papel no fim do terceiro set e início do quarto. Além dos aces na parcial anterior, Thiago Alves conseguia rodar o jogo com facilidade. E foi dele o 8º ponto da quarta parcial, que fez o Brasil chegar com vantagem de quatro pontos ao tempo técnico.

Assim como ocorreu no terceiro set, o Brasil obteve um placar elástico, mas facilitou para os cubanos esboçarem uma breve reação. Mas novamente os aces de Thiago Alves deram a tranqüilidade necessária para fechar o set (25-19) e garantir a vitória brasileira na estreia da fase final da Liga.

Informações do Uol Esportes.

Compartilhe
Banner

Ítalo Dorneles

Mudei o meu perfil do blogger. Agora estou utilizando este aqui: https://draft.blogger.com/profile/12182443674733728583

Poste um comentário:

0 comments: